Olá visitante! Faça o login ou cadastre-se  
Carrinho vazio








Newton: textos, antecedentes, comentários

Bernard Cohen e Richard Westfall (orgs.)

524 páginas

ISBN: 978-85-85910-43-3

Tradução: Vera Ribeiro

"As leis da natureza ocultavam-se nas trevas: Deus disse, ‘Faça-se Newton!’, e tudo se fez luz." Estas palavras de Alexandre Pope mostram o impacto que as descobertas de Isaac Newton (1642-1727) causaram em seus contemporâneos, impacto que se desdobra até hoje. Cientistas, filósofos e historiadores concordam em que as realizações de Newton representam o auge da Revolução Científica, às vezes também chamada Revolução Newtoniana. Ao descobrir o princípio da gravitação e formular sua lei quantitativa, Newton produziu uma reviravolta no conhecimento do cosmo. Lançou as bases de um sistema capaz de unificar fenômenos do céu e da Terra, concretizando assim o sonho de Galileu, Kepler e Descartes.


    A rigor, Newton foi autor não de uma, mas de várias revoluções. Na matemática, paralelamente a Leibniz, inventou o cálculo diferencial e integral, que se tornou a linguagem das ciências exatas e hoje, em certa medida, das ciências sociais; foi pioneiro no uso das séries infinitas; introduziu métodos de cálculo e de aproximação usados até hoje. Na óptica, estabeleceu a heterogeneidade da luz solar e reformulou o nosso entendimento da natureza da cor. Codificou a ciência da mecânica, que com ele tornou-se "mecânica racional"; suas três leis do movimento continuam a ser fundamentais nesse campo. Definiu o moderno conceito de massa, essencial para o estudo da matéria, e reconheceu que existem duas medidas diferentes da massa. Concebeu e realizou um experimento capaz de provar a equivalência entre elas, ideia muito valorizada por Einstein.


    Além de suas realizações técnicas, Newton também se destacou como formulador da metodologia apropriada à investigação científica. Dedicou as questões finais da Óptica à maneira de realizar e interpretar experimentos, e formulou uma série de regras de procedimento para a ciência física, ou "filosofia natural". Seu método rapidamente se tornou a principal referência de toda a ciência ocidental.


    Newton também foi um homem de seu tempo, um tempo de transições. Sua energia criativa abrangeu áreas que hoje consideraríamos inusitadas para um cientista. Quando professor universitário, seus interesses principais não se dirigiam à ciência, tal como hoje a entendemos. Englobavam a interpretação das Escrituras Sagradas, a cronologia, a teologia, as profecias e a alquimia. Por isso, também foi chamado "o último mago". Este volume oferece ao leitor, pela primeira vez, os principais textos de Newton sobre método científico, filosofia natural, matemática, óptica, mecânica, alquimia e teologia, comentados por Albert Einstein, Alexandre Koyré, John M. Keynes e outros especialistas contemporâneos. Torna-se, assim, a mais completa coletânea disponível em língua portuguesa para conhecer o pensamento do homem que revolucionou o conhecimento.


                        César Benjamin

 R$ 88,00    R$ 52,80
             Apresentação

             Sumário


Compartilhar:

TÍTULOS RELACIONADOS
Conceitos de força: um estudo sobre os fundamentos d...

Max Jammer

R$ 59,00 R$ 35,40
Einstein e a Religião: Física e Teologia

Max Jammer

R$ 48,00 R$ 28,80
Física atômica e conhecimento humano

Niels Bohr

R$ 36,00 R$ 21,60
Estudos

Gaston Bachelard

R$ 20,00 R$ 12,00
Sobre o erro

Victor Brochard

R$ 38,00 R$ 22,80
Parte e o todo, A

Werner Heisenberg

R$ 56,00 R$ 33,60




  • Editora Contraponto
  • Avenida Franklin Roosevelt, 23 sala 1405
  • Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 20021-120
  • Tel: (21) 2544-0206 / 2215-6148
  • contato@contrapontoeditora.com.br